Distribuição dos componentes biogênicos nos sedimentos da área do Canal de Salvador, Baía de Todos os Santos, Bahia

Carolina Almeida Poggio, Fecelúcia Barros Côrtes Souza, Orane Falcão de Souza Alves, José Maria Landim Dominguez

Resumo


O trabalho apresenta uma análise preliminar da composição biogênica dos sedimentos de fundo do Canal de Salvador, uma das principais vias de acesso à Baía de Todos os Santos. Para caracterizar a composição biogênica e avaliar os grupos de organismos contribuintes à produção dos sedimentos carbonáticos recentes, foram utilizadas amostras de sedimentos de fundo das quais 300 grãos foram identificados nas frações granulométricas maiores que 0,125mm. A ocorrência de biogênicos se mostrou inversamente relacionada com a profundidade e diretamente relacionada com o teor de carbonato. Entre os componentes biogênicos carbonáticos, os que tiveram mais representatividade nos sedimentos de fundo foram os moluscos, com 30,2% de frequência. Além disso, os moluscos são os que mais contribuem ativamente para a formação dos sedimentos carbonáticos atuais do local, pois em quase todas as estações amostradas suas carapaças ocorrem de forma bem preservada.

Palavras-chave


biogênicos; Baía de Todos os Santos; sedimento carbonático

Texto completo:

PDF


Quaternary Environmental Geosciences