Petrografia de beachrock em zona costa afora adjacente ao litoral norte do Rio Grande do Norte, Brasil

Izaac Cabral Neto, Valéria Centurion Córdoba, Helenice Vital

Resumo


Foi analisado petrograficamente um corpo rochoso submerso na plataforma norte do Rio Grande do Norte. Esse corpo, denominado “Urca do Minhoto”, dista aproximadamente 18 km da atual linha de costa. Quartzo, bioclastos, feldspatos e fragmentos de rocha formam os principais constituintes do arcabouço. O cimento de carbonato de cálcio está presente sob três tipos distintos: mosaicos de calcita micrítica e de calcita espática equante, ambos ocupando o espaço intergranular, e franjas prismáticas isópacas, precipitadas nas bordas dos grãos. A granulação da rocha varia de areia muito fina a grânulo. O empacotamento frouxo é reflexo da cimentação precoce da rocha, que ocorreu em condições de soterramento raso (eodiagênese).

Palavras-chave


Beachrock; Petrografia; Urca do Minhoto

Texto completo:

PDF


Quaternary Environmental Geosciences