AVALIAÇÃO DE DIFERENTES MÉTODOS CROMATOGRÁFICOS NA DETERMINAÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS EM SEMENTES DE MARACUJÁ (Passiflora edulis f. flavicarpa)

ERNANI S. SANT’ANNA, REGINA COELI O. TÔRRES, ANNA CLAUDIA S. PORTO

Resumo



Determinou-se
a composição de ácidos graxos, por
cromatografia em fase gasosa, do óleo da semente
do maracujá amarelo (Passiflora edulis f.
flavicarpa), em três diferentes tamanhos de frutos
(tipo 1 = 1215
cm; tipo 2 = 710
cm; tipo 3 =
56
cm). O rendimento das sementes em relação ao
peso dos frutos para os tipos 1, 2 e 3 (5,18; 5,83 e
5,31%) e para a polpa dos tipos 1 e 3 (12; 17 e
12,67%) não apresentou diferença entre os
tamanhos analisados, com exceção do tipo 2
(14,03%) para polpa que evidenciou maior
rendimento. A composição em ácidos graxos do
óleo da semente do maracujá amarelo, nos três
diferentes tamanhos, mostrou predominância de
ácidos graxos oléico e linoléico. O método mais
adequado para a determinação da composição de
ácidos graxos do óleo do maracujá foi o Cd 14c94/
coluna SP 2340 da American Oil Chemists
Society.


Abstract


Fatty acids composition was determined in three different sizes (type 1=1215
cm; type
2=710
cm; type 3=56cm)
of yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa) oil using
gas chromatography. The seed yield in terms of fruit weight to types 1, 2 and 3 (5,18; 5,83
and 5,31%) and fruit pulp to types 1 and 3 (12,17 and 12,67%) didnt present differences
between the sizes analyzed with the exception of fruit pulp type 2 (14,03%) that showed
the highest yield. The fatty acids composition of yellow passion fruit oil, in three different
sizes, showed a predominance of oleic and linoleic acids. The more suitable methodology
for passion fruit oil fatty acids determination was AOCS Cd 14c94/
column SP 2340.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380%2Fcep.v19i1.1225

Boletim Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos. ISSN:19839774