ASPECTOS SENSORIAIS E FÍSICO-QUÍMICOS DE “IOGURTES” DE SOJA COM ESPESSANTES/ESTABILIZANTES A BASE DE FÉCULA DE INHAME (Dioscorea alata), AMIDO MODIFICADO E GELATINA

GABRIELA PAULINO PANHONI MANZANO, ERICA REGINA DAIUTO, NÁTALIA SOARES JANZANTTI, ELISEU ANTONIO ROSSI

Resumo


Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da fécula de inhame, amido modificado da Cargill-Brasil (Amidomax 4800®) e gelatina da Gelita-Brasil (GEL-LAC®) como espessantes/estabilizantes em diferentes proporções e combinações em "iogurte" de soja fermentado com Enterococcus faecium e Lactobacillus helveticus ssp jugurti. Dez formulações de "iogurte" de soja contendo os diferentes espessantes/estabilizantes, sempre totalizando 0,5% em relação à formulação final, foram analisadas em termos sensoriais e físico-químicos. Com base nos resultados observados concluiu-se que sob o ponto de vista sensorial, o produto mais adequado foi processado apenas com gelatina na concentração de 0,5%. Esse produto também apresentou os melhores resultados físico-químicos em relação à consistência, sinérese e capacidade de retenção de água. No entanto, a gelatina utilizada isoladamente provocou aumento no tempo de fermentação do "iogurte" de soja.


Palavras-chave


IOGURTE DE SOJA; INHAME; AMIDO MODIFICADO; GELATINA; ANÁLISE SENSORIAL; ANÁLISES FISÍCO-QUÍMICAS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cep.v26i2.13285

Boletim Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos. ISSN:19839774