PRODUÇÃO DE BIOMASSA DE Trichosporon sp.: FERMENTAÇÃO EM MANIPUEIRA UTILIZANDO DIFERENTES FONTES DE NITROGENIO

MARECI M. ALMEIDA, CARLA C. KANUNFRE, CÁSSIO L. KIRCHNER, GILVAN WOSIACKY

Resumo


A quantidade e a qualidade dos reslduos do processamento de mandioca tem sido motivo de experimentos, visando agregar valores aos subprodutos para aplicação no setor agro-industrial. Neste trabalho foram investigados processos de formação de biomassa de Trichosporon sp em manipueira, suplementada ou não com nitrogênio. Foi observado que esta suplementação beneficia o processo de formação de biomassa, que pode atingir o nível de 22,00 g/L, o qual comparado ao processo controle representa aumento de 138%. O sulfato de arnônio apresentou-se como a melhor fonte de nitrogênio, em todos os aspectos. A razão entre carbono e nitrogênio de 5,15 mostrou-se adequada para aumentar a produção de biomassa e para diminuir o teor do açúcar residual. Os teores de nitrogênio no meio mostraram-se correlacionados aos teores de proteínas na biomassa. O tratamento térmico do substrato mostrou-se interessante para a produção de biomassa de melhor qualidade, mas não ê adequado quando se considera apenas o consumo de açúcar.

Palavras-chave


BIOMASSA; Trichosporon sp. FONTE DE NITROGÊNIO. BIOMASS; NITROGEN SOURCE.

Texto completo:

PDF


Boletim Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos. ISSN:19839774