Modelamento netrosférico aumentado para a determinação de campos de vapor d’água atmosféricos com base em sinais de alta resolução gnss

Xiaoguang Luo, Michael Mayer, H.C. Bernhard Heck

Resumo


Os sinais oriundos dos sistemas de navegação globais por satélite (GNSS) sofrem
um atraso durante sua propagação através da camada eletricamente neutra da
atmosfera terrestre. Este atraso tem um papel fundamental no posicionamento
GNSS e tem sido levado em conta nas aplicações geodésicas de alta precisão. O
atraso neutrosférico pode ser subdividido em uma componente seca e uma
componente complementar úmida. A quantidade correspondente a componente
úmida é tipicamente inferior a 10% do atraso total, e pode ser utilizada na
determinação de campos de vapor d’água atmosférico de alta resolução baseados no
modelo aumentado da neutrosfera. A abordagem apresentada neste trabalho
combina um modelo a priori empirico, parâmetros neutrosféricos específicos da
estação e resíduos das observações de fase GNSS. Utilizando os chamados modelos
de camada única, os campos de vapor d’água atmosférico derivados são
reconstruídos e visualizados, ambos em duas dimensões. Utilizando este modelo
neutrosférico aumentado na geração de campos de vapor d’água dentro de uma rede
regional GNSS, os resultados indicam uma melhora tanto na resolução temporal
quanto na espacial dos campos de vapor d’água determinados, quando comparados
com a modelagem neutrosférica convencional.

Palavras-chave


GNSS; Residuals; Neutrospheric Modelling; Atmospheric Water Vapour; Resíduos; Modelagem Neutrosférica; Vapor D’água Atmosférico

Texto completo:

PDF


Boletim de Ciências Geodésicas. ISSN: 1982-2170