ORIENTAÇÃO EXTERIOR DE UM PAR ESTEREOSCÓPICO IKONOS II COM BASE NO MODELO NÃO-RIGOROSO DLT

SYDNEY DE OLIVEIRA DIAS, EDSON APARECIDO MITISHITA, QUINTINO DALMOLIN

Resumo


O crescente avanço tecnológico ocorrido nos últimos anos, tanto da área daInformática, Fotogrametria e também Sensoriamento Remoto, vem contribuindosignificativamente para diversas pesquisas sobre extração de informaçõestridimensionais a partir de imagens de alta resolução. No presente trabalho, umasolução utilizando modelagem não rigorosa baseada na transformação matemáticaDLT (Direct Linear Transformation) foi utilizada para a orientação exterior de umpar estereoscópico de imagens Ikonos II e determinação de coordenadastridimensionais por intersecção fotogramétrica. O objetivo principal foi o de avaliaro desempenho do modelo na aplicação, como também a obtenção de melhorconfiguração de pontos de apoio necessários na orientação exterior para fins dadeterminação de coordenadas tridimensionais por interseção espacial. Osexperimentos realizados permitiram recomendar a configuração adequada para adistribuição dos pontos de apoio, onde a exatidão planimétrica foi equivalente aprecisão teórica tolerável igual a um pixel de erro nas observações, enquanto aexatidão altimétrica ficou próxima de 1,5 pixels.

Palavras-chave


Orientação Exterior; DLT; Interseção Fotogramétrica; Georreferenciamento Indireto; Configuração de Pontos de Apoio.

Texto completo:

PDF


Boletim de Ciências Geodésicas. ISSN: 1982-2170