AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE MULTICAMINHO NO POSICIONAMENTO RELATIVO GPS E SUA ATENUAÇÃO ATRAVÉS DA ANÁLISE DE MULTIRESOLUÇÃO

ENIUCE MENEZES DE SOUZA, WESLEY GILDO CANDUCCI POLEZEL, JOÃO FRANCISCO GALERA MONICO

Resumo


O efeito do multicaminho afeta os posicionamentos diferencial e relativo, mesmo
envolvendo linhas de base curtas. Dessa forma, existe a necessidade de detecção
desse efeito, verificação do nível de erro causado e, principalmente, a remoção
do mesmo. Neste artigo, pretende-se analisar e comparar alguns componentes
que se mostram úteis na detecção deste efeito. Estes componentes envovem a
razão sinal ruído (SNR Signal to Noise Ratio), os valores do MP1 e MP2
obtidos a partir do software TEQC que indicam o nível de multicaminho nas
portadoras L1 e L2, a repetibilidade do efeito do multicaminho em dias
consecutivos, o ângulo de elevação e o azimute dos satélites. Para tanto, é
apresentado um experimento comparando tais componentes na presença e
ausência de objetos refletores que causam o efeito do multicaminho. Além da
nítida repetibilidade do multicaminho nos resíduos, a mesma comparece nas
medidas SNR, MP1 e MP2, alcançando até 99% de correlação. Para redução de,
pelo menos, o efeito do multicaminho de alta freqüência, a Análise de
Multiresolução (AMR) utilizando wavelets é aplicada nas medidas de dupla
diferença (DD). Alguns testes estatísticos foram realizados, os quais indicam a
melhoria dos resultados e, principalmente, maior confiabilidade na solução das ambigüidades, atingindo até 49% de melhoria em relação ao teste Ratio sem a
aplicação do método proposto.

Palavras-chave


GPS; Multicaminho; SNR; MP1; MP2; Análise de Multiresolução; GPS; Multipath; SNR; MP1; MP2; Multi-Resolution Analysis

Texto completo:

PDF


Boletim de Ciências Geodésicas. ISSN: 1982-2170