EMPREGO DO MÉTODO Z-BUFFER MODIFICADO NA DETECÇÃO DE OCLUSÕES DE EDIFICAÇÕES PARA GERAÇÃO DE ORTOIMAGENS VERDADEIRAS

MARCIS GUALBERTO MENDONÇA JÚNIOR, EDSON APARECIDO MITISHITA

Resumo


O uso de modelos digitais de superfície (MDS) aliado a existência de áreas oclusas faz com que, na geração de ortoimagens verdadeiras, ocorra a formação de um fenômeno conhecido como “duplo mapeamento”. Para evitá-lo é necessária à detecção das áreas oclusas existentes, e o método mais utilizado na atualidade tem origem na Computação Gráfica, e se denomina Método  Z-Buffer. Esse artigo apresenta a implementação de algoritmos para ortorretificação de fotografias aéreas, com emprego do método inverso, e para detecção de áreas oclusas, com base em
uma modificação do Z-Buffer, denominada de Método Z-Buffer Modificado. Como áreas de estudo foram utilizadas duas áreas da cidade de Curitiba – PR, que possuíam recobrimento fotogramétrico e MDS disponíveis. Os resultados obtidos
possibilitaram identificar o comportamento do Método  Z-Buffer Modificado na detecção das áreas oclusas, e como sua principal limitação, denominada de Porção M, influência na supressão dos Duplos Mapeamentos formados durante a geração
das ortoimagens verdadeiras.

Palavras-chave


Ortoimagem Verdadeira; Duplo Mapeamento; Oclusão; Z-Buffer

Texto completo:

PDF


Boletim de Ciências Geodésicas. ISSN: 1982-2170