Industrialização e Substituição de Importações no Brasil e na Argentina: Uma Análise Histórica Comparada

Lauro Mattei, José Aldoril dos Santos Júnior

Resumo


Neste trabalho faz-se um resgate histórico do processo de formaçãoindustrial no Brasil e na Argentina, retornando aos primórdios da industrializaçãodos séculos XIX e XX, mas focalizando sua atenção no modelo de industrializaçãopor substituição de importações. Neste caso, são destacadas as semelhançase as diferenças entre os dois países e realçadas as característicaseconômicas que guardam relações com a forma de estruturação desse modeloindustrial e com as saídas distintas encontradas por ambos, quando o longoperíodo de vigência das substituições de importações se esgotou. Como conclusãosimilar aos dois países aparece o fato de que ambos não conseguiram superarsua condição histórica de economias periféricas e dependentes de recursosexternos, apesar de terem transformado seus sistemas econômicos.

Palavras-chave


industrialização; substituição de importações.

Texto completo:

PDF


Revista de Economia

ISSN: 0556-5782 (impresso);

ISSN: 2316-9397 (on-line).