RESTAURAÇÃO FLORESTAL VISANDO À CONSERVAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS POR MEIO DA COMBINAÇÃO LINEAR PONDERADA

Anderson Antonio da Conceição Sartori, Fábio Ávila Nossack, Ramon Felipe Bicudo da Silva, Célia Regina Lopes Zimback

Resumo


Este estudo teve como objetivo avaliar o emprego da Avaliação Multicritérios em ambiente SIG, especificamente por meio do método Combinação Linear Ponderada, na geração de mapa de área prioritária à restauração florestal, na parte inicial da bacia do rio Pardo, SP, visando à conservação de recursos hídricos. Na definição dos critérios e restrições, empregou-se a Técnica Participativa. Foram selecionados os seguintes fatores: proximidade da rede hidrográfica, proximidade da cobertura florestal, declividade e erodibilidade do solo. Para calcular o peso para cada fator, foi utilizado o processo de tomada de decisão, conhecido como Análise Hierárquica Analítica. Esse método emprega uma comparação pareada entre fatores para determinar a importância relativa de cada um deles. Pela Combinação Linear Ponderada, as áreas de prioridade muito alta apresentam uma distribuição espacial mais restrita, com uma concentração aparente ao redor dos corpos d’água, delineando uma área-tampão (buffer) para a rede hidrográfica. O fator proximidade da rede hidrográfica, além de possibilitar a conexão florestal, colaborou, juntamente com o fator proximidade da cobertura florestal, para que houvesse a definição de grande parte das áreas com maior prioridade em regiões da bacia, que concentram as maiores áreas de floresta nativa e áreas ripárias ao longo da hidrografia.


Palavras-chave


Recomposição florestal; áreas prioritárias; SIG

Texto completo:

PDF


Revista FLORESTA
ISSN eletrônico 1982-4688 
ISSN impresso 0015-3826
fone: 41 3360 4219
revista_floresta@ufpr.br