OS CULTIVOS FLORESTAIS DO PAMPA, NO SUL DO RIO GRANDE DO SUL: DESAFIOS, PERDAS E PERSPECTIVAS FRENTE AO AVANÇO DE NOVAS FRONTEIRAS AGRÍCOLAS

Marcelo Dutra da Silva

Resumo


O avanço da silvicultura sobre o ambiente campestre vem transformando a região dos Pampas. Os plantios florestais nesta região, que na atualidade ocupam uma área de um milhão de hectares, tiveram início na década de 1980 no Uruguai, e se expandiram para a Argentina e, logo depois, para o Brasil. A partir do crescimento da área plantada, esses países começaram a competir para atrair corporações mundiais da indústria de celulose, transformando a região dos Pampas em um novo centro de alta produtividade florestal.

 


Texto completo:

PDF


Revista FLORESTA
ISSN eletrônico 1982-4688 
ISSN impresso 0015-3826
fone: 41 3360 4219
revista_floresta@ufpr.br