O gênio do amor e da música: análise e tradução de “Um maravilhoso conto de fadas oriental de um santo nu”, de W. H. Wackenroder e Ludwig Tieck.

Fernando Ribeiro de Moraes Barros

Resumo


O propósito geral do presente artigo é o de apresentar a tradução de um dos textos mais pregnantes do assim chamado Romantismo alemão: “Um maravilhoso conto de fadas oriental de um santo nu”, de W. H. Wackenroder (1773 – 1798) e Ludwig Tieck (1773 -1853). A partir da análise dessa fábula escrita “a quatro mãos”, pretende-se mostrar a contribuição de suas imagens para a reflexão sobre o tempo e, em especial, para a compreensão de um estatuto especulativo inovador concedido à música.


Palavras-chave


Romantismo alemão – tempo – subjetividade – música

Texto completo:

PDF


Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)