Nem só crioulo, nem só português brasileiro, mas também

Ruth Vasconcellos Lopes

Resumo


Pretende-se discutir a proposta de Ribeiro & Cyrino (neste volume) sobre a estrutura do DP no crioulo de Cabo Verde e no português de brasileiros afro-descendentes, comparando os dados das autoras àqueles do português brasileiro urbano atual, especialmente no que diz respeito à presença de nomes nus singulares em posição argumental. Os dados serão também comparados a dados de aquisição da linguagem por crianças brasileiras considerando que, eventualmente, possam ser detectados estágios no processo de desenvolvimento do DP que se assemelhem à variedade dos afro-descendentes do final do século XIX – estudados pelas autoras.

Palavras-chave


DP; nomes nus; português; afro-descendentes; sintaxe gerativa

Texto completo:

PDF


Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)