A construção social de políticas públicas. Chico Mendes e o movimento dos seringueiros

Mary Allegretti

Resumo


O artigo analisa a trajetória peculiar dos seringueiros do Acre que, ao buscarem solução para conflitosfundiários, formularam políticas públicas inovadoras de conciliação entre reforma agrária e proteçãodo meio ambiente. Reconstitui a liderança de Chico Mendes e as diferentes etapas de construção domovimento social e da política pública de criação de Reservas Extrativistas. Analisa as causas internase externas que explicam o sucesso de um movimento social no contexto da Conferência do Rio e dapressão internacional contra as políticas dos bancos multilaterais.

Palavras-chave


movimentos sociais; seringueiros; Chico Mendes; políticas públicas; reforma agrária; social movements; rubber tappers; Chico Mendes; public policies; agrarian reform; environment; meio ambiente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380%2Fdma.v18i0.13423

Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109