A ideia da natureza como patrimônio: um percurso histórico

Cynthia Roncaglio

Resumo


O artigo estabelece conexões históricas entre algumas representações sociais da natureza que se esboçam no e sobre o Brasil e que permitem vislumbrar como, ao longo do tempo, constrói-se a ideia da natureza como um bem patrimonial. Para tanto, discute as diversas descobertas do Brasil como nação e as tentativas, contrárias e contraditórias, do poder público e dos seus representantes de proteger a natureza e dar a ela um status de patrimônio. Embora alguns conservacionistas tenham tentado superar uma ótica utilitarista e antropocêntrica sobre a natureza, foi esta que prevaleceu na política patrimonial brasileira.

Palavras-chave


natureza e sociedade; representações sociais; patrimônio natural; nature and society; social representations; natural patrimony

Texto completo:

PDF


Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109