RECURSOS SOCIAIS E SELEÇÃO POLÍTICA: CHANCES DE INGRESSO EM DISPUTAS ELEITORAIS NO RIO GRANDE DO SUL ENTRE 1998 E 2006

Rodrigo da Rosa Bordignon

Resumo


A presente proposta resulta do aproveitamento parcial de uma pesquisa, realizadaanteriormente, sobre as relações entre recursos sociais e as diversas modalidades de ingresso naconcorrência eleitoral. Os resultados mais gerais do conjunto de dados analisados no estudoprincipal apontam para uma associação entre posição social, estrutura do espaço partidário-eleitorale trajetos que conduzem a condição de candidato em eleições gerais. Neste texto ora proposto, sãoanalisadas, especificamente, as relações entre determinados recursos de posição social e asdiferentes chances de participação eleitoral na condição de candidato aos cargos de deputado federale estadual no Rio Grande do Sul, no período entre 1998 e 2006. Deste modo, estão em pauta ascondições sociais de participação na concorrência eleitoral e de inserção em um espaço de atividadesao encargo de agentes especializados. Com isso, serão expostos os mecanismos sociais de seleção decandidatos a cargos legislativos e o conjunto de princípios de hierarquização e classificação socialque se estendem à concorrência eleitoral.

Palavras-chave


Recursos sociais, Seleção de candidatos, Categorias socioprofissionais, Titulação escolar

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.