Notas sobre a dinâmica dos impulsos em Nietzsche

Bruno Martins Machado

Resumo


O presente artigo tem como propósito evidenciar o dinamismo dos impulsos de acordo com o perspectivismo nietzscheano. Enfatizamos, sobretudo, o modo como os impulsos são apresentados por Friedrich Nietzsche como peças estruturantes para a moral e para a vida. Para tanto, exploramos como a relação entre os impulsos se apóia sobre a doutrina da vontade de poder. Entendemos que há um ganho importante ao evidenciarmos essa leitura, pois ela fornece instrumentos críticos seja para análises da moral, seja para análises do próprio homem. Para empreender essa proposta, utilizamos textos do próprio Nietzsche, com ênfase em obras publicadas durante sua vida; contudo não perdemos de vista a importância dos fragmentos póstumos. Também fizemos uso de alguns comentadores quando suas posições se mostraram relevantes para a compreensão desses escritos.

 

Palavras-chaves: Nietzsche; impulsos; vontade de poder; perspectivismo; moral.


Palavras-chave


Nietzsche; impulsos; vontade de poder; perspectivismo; moral

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380%2Fpsi.v14i1.14543

Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076