Famílias monoparentais femininas: um estudo sobre a motivação de mulheres que adotam

Lidia Levy, Terezinha Féres-Carneiro

Resumo


O objetivo deste trabalho é estudar a motivação de mulheres solteiras, viúvas ou divorciadas que  procuram a 1ª Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro com a intenção de adotar uma  criança. Através de seus discursos, duas categorias foram destacadas: o desejo de ser mãe e o medo da  solidão. Encontramos diferenças entre mulheres que haviam feito outros investimentos na vida que  não apenas a maternidade e mulheres para quem a criança pretendida viria dar sentido a uma vida  vazia de estímulos e pobre em relações afetivas.

Palavras-chave: adoção; motivação; famílias monoparentais.

 


Palavras-chave


adoção; motivação; famílias monoparentais

Texto completo:

PDF


Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076