Habilidades interpessoais na atuação do psicólogo

Marina Bandeira, Maria Amélia Cesari Quaglia, Lucas Cordeiro Freitas, Amanda Monteiro de Sousa, Andréa Luciane Pires Costa, Marcela Mansur Pires Gomides, Pedro Baratti Lima

Resumo


A habilidade de interagir com as pessoas é fundamental para o exercício da profissão de psicólogo. Estudos com estudantes de Psicologia, entretanto, apontaram déficits no seu repertório de habilidades interpessoais, tanto para alunos de início quanto de final do curso. Esses dados sugerem que os cursos de Psicologia não contemplam a formação dessas habilidades. Esta pesquisa investigou a opinião de profissionais de Psicologia sobre as habilidades interpessoais na sua atuação profissional. Participaram da pesquisa 74 psicólogos do interior de Minas Gerais, que responderam a um questionário sobre o grau de importância e de domínio de 51 habilidades interpessoais. Os resultados mostraram que, dentre estas, 39 foram consideradas de muita ou máxima importância. Obteve-se uma correlação significativa entre o grau de importância e de domínio das habilidades interpessoais. O grau de domínio mostrou-se inferior ao da importância atribuída às habilidades interpessoais. Houve diferença na ordem de importância atribuída às habilidades, em função da abordagem teórica e da formação acadêmica. Conclui-se que estas habilidades são importantes para a atuação profissional dos psicólogos, o que aponta para a necessidade de desenvolvê-las no curso de Psicologia.

 

Palavras-chave: habilidades interpessoais; psicólogos; atuação profissional.


Palavras-chave


habilidades interpessoais; psicólogos; atuação profissional

Texto completo:

PDF


Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076