Fobia social e habilidades sociais: uma revisão da literatura

Antonio Paulo Angélico, José Alexandre de Souza Crippa, Sonia Regina Loureiro

Resumo


Objetivou-se identificar nos indexadores Medline, PsycINFO, Lilacs e Scielo, no período de 2000 a 2005, estudos empíricos que abordem a fobia social e suas associações às habilidades sociais, visando a análise crítica das metodologias empregadas nesses estudos. Identificou-se 16 artigos, agrupados para análise em duas categorias: Modalidades Terapêuticas - Aplicação e Comparação de Intervenções Clínicas (N = 6), e Caracterização do Repertório de Habilidades Sociais (N = 10). Os estudos que compararam abordagens terapêuticas constataram a maior eficiência do treinamento em habilidades sociais (THS) para o desenvolvimento de repertório social mais competente, em comparação com a terapia cognitivo-comportamental. Os estudos de caracterização de perfis (10), relataram que os pacientes com fobia social apresentaram habilidades sociais mais deficitárias, apontando para o benefício potencial da participação em programas de THS. A análise crítica dos delineamentos apontou para a necessidade de novos estudos com amostras clínicas e não-clínicas, com alocação randômica dos participantes, com diagnóstico preciso e proposição de tarefas de interação contextualizadas, de modo a respaldar a generalização quanto à associação das habilidades sociais e fobia social, e evidenciar a funcionalidade e o processo pelo qual a ansiedade interfere no desempenho social.

 

Palavras-chave: fobia social; ansiedade social; habilidades sociais.


Palavras-chave


fobia social; ansiedade social; habilidades sociais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380%2Fpsi.v10i1.5738

Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076