Relações comportamentais como objeto da Psicologia: algumas implicações

Emmanuel Zagury Tourinho

Resumo


O artigo apresenta a análise do comportamento como um sistema psicológico que assume as relações indivíduo-ambiente como seu objeto de estudos. Em seguida, discute algumas implicações teóricas, metodológicas e práticas de tal noção. A ênfase em relações comportamentais é interpretada como um contraponto a concepções individualistas do homem e a conceitos psicológicos daí derivados. Argumenta-se, por outro lado, que uma adequada apreciação do alcance da análise do comportamento como disciplina psicológica requer uma compreensão de como os conceitos analítico-comportamentais dão suporte ao exame de fenômenos psicológicos em contextos diversos daquele de laboratório, no qual a investigação básica se realiza.

 

Palavras-chave: análise do comportamento; behaviorismo radical; relações comportamentais.


Palavras-chave


análise do comportamento; behaviorismo radical; relações comportamentais

Texto completo:

PDF


Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076