Dimensões transdisciplinares do trabalho de equipe em intervenção precoce

Vitor Franco

Resumo


O reconhecimento da importância dos primeiros tempos de vida no desenvolvimento da criança mudou significativamente os campos da educação, saúde e proteção social. A Intervenção Precoce representa a preocupação intencional de intervir ao nível do desenvolvimento, nomeadamente junto das crianças mais pequenas que se encontram em risco de ter o seu percurso afetado. Mais do que a solução para problemas específicos, falhas ou deficiências, o que está em causa é o desenvolvimento global, presente e futuro, da criança, bem como da família e do contexto que a rodeiam. Esta perspectiva global do desenvolvimento exige que o ponto de referência para os cuidados terapêuticos e educativos seja, sempre, a pessoa encarada como um todo. A multiplicidade de profissionais e de saberes não pode implicar o retalhamento da individualidade da criança ou a segmentação das suas necessidades. A abordagem transdisciplinar permite ultrapassar as limitações de cada formação disciplinar específica e ir ao encontro desta criança complexa, mas una, e do seu contexto. Pretendemos refletir sobre as principais características e potencialidades do trabalho transdisciplinar no âmbito da Intervenção Precoce, mostrando exemplos de como a sua utilização pode ser concretizada nos domínios da detecção, avaliação, intervenção e acompanhamento das crianças.

Palavras-chave: intervenção precoce; transdisciplinaridade; equipe de intervenção.

 


Palavras-chave


intervenção precoce; transdisciplinaridade; equipe de intervenção

Texto completo:

PDF


Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076