O método de observação na psicologia: considerações sobre a produção científica

Débora Staub Cano, Izabela Tissot Antunes Sampaio

Resumo


O presente artigo visa fornecer um panorama geral da produção científica que utilizou a observação como método de pesquisa, através do levantamento de artigos, dissertações e teses disponíveis em bases de dados nacionais importantes (Index Psi e Scielo). Na busca pelo material, foram considerados os artigos/pesquisas encontrados quando os termos observação e observacional e a expressão método observacional estavam no título, resumo ou palavras-chave. Apenas alguns dos artigos selecionados foram consultados integralmente, quando havia dúvidas sobre o método. Foram encontradas 116 pesquisas, datando da década de 1970 até 2006, principalmente nos periódicos Psicologia: Reflexão e Crítica, Psicologia, Estudos de Psicologia (Natal), Revista Brasileira de Psicanálise e Alter. Crianças em diferentes situações e a relação mãe-bebê, bem como o método de observação na formação dos psicólogos e os conceitos e técnicas observacionais foram os alvos mais comuns das pesquisas que utilizaram o método observacional. Ao final, é feita uma discussão metodológica e conceitual sobre a observação, considerando a utilização do método na construção de protocolos de pesquisa, e sobre o uso de recurso áudio-visual como uma técnica eficaz na coleta e categorização dos dados.

Palavras-chave: observação; método observacional; publicação em Psicologia.

 


Palavras-chave


observação; método observacional; publicação em Psicologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380%2Fpsi.v11i2.6849

Interação em Psicologia. ISSN: 1981-8076