ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS DOCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DO BRASIL QUANTO AO PROCESSO DE CONVERGÊNCIA ÀS NORMAS INTERNACIONAIS DE CONTABILIDADE APLICADAS NO BRASIL

Bruno Vinícius Ramos Fernandes, Diogo Henrique Silva de Lima, Eduardo Tadeu Vieira, Jorge Katsumi Niyama

Resumo


Este trabalho tem como principal objetivo analisar a percepção dos docentes que lecionam nos cursos de graduação em Ciências Contábeis do Brasil em relação ao atual processo de convergência internacional. Participaram da pesquisa 190 professores de todo país. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva do ponto de vista de seus objetivos; já quanto aos procedimentos técnicos classifica-se como um levantamento. Para a análise dos dados recorreu-se a estatística descritiva e a estatística qui-quadrado de Pearson (Teste c2). Com este último foi possível verificar se variáveis categóricas como região, titulação, idade, gênero, instituição que trabalha, disciplina que leciona, ser o docente dedicação exclusivamente ou ter outra profissão influenciaram nos padrões de respostas observados. Os resultados evidenciaram que a maior parte dos docentes avalia o processo de convergência como muito importante, uma vez que reduz os custos na elaboração de informações contábeis e facilita a inserção no mercado internacional de empresas brasileiras. Para eles, o fato do país não possuir uma profissão contábil forte e atuante pode representar um obstáculo ao processo de adoção dos IFRS divide opiniões, de forma que os resultados sobre o assunto são inconclusivos. Apesar de se sentirem preparados para lecionar nessa nova realidade, eles reconhecem que as instituições educacionais brasileiras não estão.


Palavras-chave


Normas Contábeis; Convergência; Docentes

Texto completo:

PDF | 24 - 50 |


Revista de Contabilidade e Controladoria. ISSN: 1984-6266