TRADUÇÃO LITERÁRIA E A RELAÇÃO GLOBAL – LOCAL NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA

Vera Helena Gomes Wielewicki

Resumo


Este trabalho discute a tradução literária na formação de professores de língua inglesa como uma possibilidade de problematização da relação hegemônica entre global e local. Este estudo apresenta reflexões levantadas por projeto de pesquisa que procurou observar a leitura de textos literários em língua inglesa em tradução e, ao mesmo tempo, a circulação de literaturas em língua inglesa em meios escolarizados ou não, no Brasil. A partir das propostas sugeridas pelas Orientações Curriculares para o Ensino Médio (MEC 2006), das discussões sobre tradução e o mito das origens (Derrida 2002) e da  pedagogia da literatura traduzida (Venuti 2002), este trabalho sugere que inserir a literatura estrangeira traduzida, de forma crítica, em cursos de licenciatura em Letras, pode contribuir para pedagogias que desvelem a relação hegemônica entre o global e o local nos contextos de ensino de línguas estrangeiras.

Palavras-chave


globalização, formação de professores de línguas, educação literária, tradução literária

Texto completo:

PDF


Revista X. ISSN: 1980-0614