A representação dos portadores de necessidades especiais nos livros didáticos de LEM

Juliana Passos

Resumo


Este trabalho tem como intuito discutir a tendência contemporânea de representar o portador de necessidades especiais nos livros didáticos de língua inglesa e de que maneira se dá tal representação.  Tais representações limitam-se a grupos específicos  – em geral os cadeirantes – e são, via de regra, estabelecidas através da linguagem visual unicamente. Interessa-nos discutir quem é o sujeito representado e o tipo de discurso visual se constrói. Igualmente, interessa-nos o fato destas representações não se construírem no plano da linguagem e quais as possíveis significações destas representações e como contribuem para a formação da identidade e do discurso social em torno da deficiência.


Palavras-chave


representação; necessidades especiais; material didático.

Texto completo:

Sem título () PDF


Revista X. ISSN: 1980-0614