O PROFESSOR DE INGLÊS DE INSTITUTO DE LÍNGUAS, TRABALHO E CONSTITUIÇÃO PROFISSIONAL

Gladys Plens de Quevedo Pereira de Camargo

Resumo


Este trabalho está inserido na área de formação de professores de língua inglesa e foi realizado em um instituto particular de ensino de inglês. Objetivou investigar (1) a visão de professores de inglês sobre seu trabalho e o fenômeno da globalização e (2) sua auto-imagem e constituição profissional. As reflexões teóricas que guiaram esta investigação incluem a relação entre globalização e educação, a importância do papel do professor enquanto educador, a atitude do profissional diante da língua inglesa, gênero ou cultura profissional e fatores que exercem influência sobre o trabalho do professor. A coleta das informações foi feita por meio de um questionário, que foi respondido por vinte e duas professoras da instituição. A análise das respostas demonstra que as professoras investigadas têm total consciência da relação entre seu trabalho e globalização e da importância do seu papel na formação dos alunos-clientes, na medida em que são elas que os instrumentaliza para a comunicação com o mundo. Além disso, atribuem grande parte da sua constituição profissional às suas próprias experiências sobre aprender e ensinar inglês.

Palavras-chave


Professor de Inglês; Instituto de Línguas; Globalização; Auto-imagem; Constituição Profissional

Texto completo:

PDF


Revista X. ISSN: 1980-0614