DESENCONTROS ENCONTRADOS: ESTUDO DO CONTO "O GRAVADOR", DE RUBEM FONSECA, À LUZ DE TEORIAS DA FICÇÃO

Raquel Illescas Bueno, Fernando de Moraes Gebra

Resumo


No curso Teoria da Ficção, da Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná, buscamos a aplicabilidade das teorias da ficção, analisando suas metodologias e o discurso sobre seus métodos. Propomos, aqui, uma análise de “O gravador”, conto publicado no livro A coleira do cão, de 1965. Essa narrativa é  exemplar da habilidade de Rubem Fonseca em montar enredos engenhosos, sem descuidar da densidade na abordagem temática. Em contos dessa natureza, a atenção do leitor naturalmente fica dividida entre o apelo da intriga, a observação da técnica pela qual o fio narrativo é estabelecido no discurso e a reflexão sobre questões importantes da vida social. Nossa proposta de análise visa a possibilitar o encontro de algumas das teorias da ficção a fim de verificar em que medida elas apresentam, com todas suas particularidades, pontos de intersecção para a análise de narrativas breves da literatura brasileira.

Palavras-chave


Teoria da ficção; Rubem Fonseca

Texto completo:

PDF


Revista X. ISSN: 1980-0614