O EMPRESARIADO COMO ATOR POLÍTICO NO BRASIL: BALANÇO DA LITERATURA E AGENDA DE PESQUISA

Wagner Pralon Mancuso

Resumo


Este artigo apresenta, em primeiro lugar, um balanço da produção acadêmica sobre o empresariado comoator político no Brasil. A idéia é argumentar que, desde a década de 1950 até hoje, uma parte importantedesta literatura estrutura-se em torno de um debate fundamental: o empresariado que opera no Brasil é umator político “forte” ou “fraco”? Em segundo lugar, este artigo propõe uma agenda de pesquisas sobre otema. Para isto, levanta questões que, tomadas em conjunto, formam um roteiro abrangente para o estudo damatéria. A exposição do roteiro servirá para identificar elementos que podem ser explorados pela comunidadede cientistas sociais interessados no assunto em destaque.

Palavras-chave


entrepreneurial sector; bourgeoisie; corporatism; entrepreneurs; bourgeoisie; pouvoir; corporativisme; empresariado; burguesia; poder; corporativismo

Texto completo:

PDF


Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)
1678-9873 (versão online)