MAX WEBER E HANS KELSEN: A SOCIOLOGIA E A DOGMÁTICA JURÍDICAS

Daniel Barile da Silveira

Resumo


Max Weber e Hans Kelsen são dois autores clássicos considerados de extrema importância na elaboraçãode alguns dos mais célebres conceitos utilizados nas searas das Ciências Sociais e do Direito, respectivamente.Entretanto, quando se unem tais campos do conhecimento, representados pela Sociologia do Direito,inúmeras confusões terminológicas e relativas ao objeto e ao método de estudo são perpetradas, dificultandoque o rigor científico seja atingido com profícua precisão. Nesse sentido, o presente trabalho visa aestabelecer as distinções mais prementes entre a Sociologia Jurídica e a Ciência Jurídica ou Dogmática,tratadas sob a perspectiva da análise dos pensamentos weberianos e kelsenianos.

Palavras-chave


Max Weber; Hans Kelsen; Sociologia Jurídica; Ciência do Direito; Dogmática Jurídica; Sociologie Juridique; Science du Droit; Dogmatique Juridique; Juridical Sociology; Science of Law; Legal Dogmatics

Texto completo:

PDF


Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)
1678-9873 (versão online)